ARTRITE REUMATOIDE

O que é?

Artrite é a inflamação das articulações. Isso pode causar dor, inchaço sobre a articulação e rigidez ao acordar, que dura mais que meia hora. Acomete principalmente as mãos, punhos, joelhos e pés, geralmente dos dois lados ao mesmo tempo.

Quem pode ter?

A artrite reumatóide acomete mais mulheres do que homens. A idade mais propensa é dos 20 aos 50 anos. Mas crianças e idosos também podem apresentar esta doença.

Qual a causa?

Não se sabe a causa exata. Com certeza existe predisposição genética. Alguns fatores que aumentam a chance de ter artrite reumatóide são o cigarro e a má higiene dentária.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é baseado nos sintomas e no exame físico. Quando o paciente tem o quadro típico, os exames não são necessários para o diagnóstico, só para acompanhamento. Mas nem sempre é assim. Existem casos, principalmente no início da doença, em que os sintomas não são típicos, o exame físico é difícil e o diagnóstico fica incerto. Nestes casos, pode-se usar os exames de sangue (como VHS, PCR, fator reumatoide, anti-CCP) e a ressonância nuclear magnética para se chegar a uma conclusão definitiva.

O fator reumatóide é positivo em 80% dos casos de artrite reumatóide, e aumenta a chance de uma doença mais grave.

Como é o tratamento?

O tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível depois do diagnóstico. No início, usa-se antiinflamatórios ou corticóides em baixa dose (para aliviar imediatamente as dores) associados a algum remédio para controlar a doença a longo prazo. Normalmente esse remédio é o metotrexato. Também podem ser usados medicamentos como a cloroquina, hidroxicloroquina, leflunomida e sulfassalazina. Com o advento dos medicamentos biológicos houve um progresso na melhora da qualidade de vida dos pacientes que tem uma forma de artrite reumatóide mais grave.

Quais as consequências?

Sem tratamento, a artrite reumatóide causa muita dor, rigidez e deforma as articulações de modo irreversível. Por isso o tratamento deve começar rápido. Se uma articulação tem artrite e fica inflamada por muito tempo, ela se desgasta e isso acarreta artrose precoce. Com tratamento, tudo isso pode ser controlado e evitado.
Também existem casos leves de artrite reumatóide, quando a doença “dorme” e não deforma as articulações. Normalmente estes pacientes apresentam fator reumatóide negativo no sangue (20% dos casos de artrite reumatóide).

Dr. Fernando Augusto Chiuchetta
Reumatologista

 
   

Rua Alberto Folloni, 1093 | Curitiba PR | CEP 80540-000 | Tel 41 3014-0507 | Fax 41 3252-6355 | faleconosco@vitalclin.com.br